Menu
Protocolos
Legislação
Regulamento
Fanfarra
Entretenimento
Área Reservada

Ligações
Alertas
da Protecção Civil
Avisos
Meteorológicos

Farmácias de Serviço
Hoje

Visitas
Cant load "GAPI" module...
Visitantes Online
Online desde
7-11-2012



Aqui pode encontrar todas as notícias publicadas no site dos Bombeiros Voluntários de Évora, organizadas por meses.


País
Protecção Civil admite aumento de inundações na bacia do Tejo nas próximas horas

Sete estradas estão submersas devido ao aumento dos caudais dos rios Tejo e Zêzere, mantendo-se o "aviso amarelo" para as zonas ribeirinhas, com a protecção civil de Santarém a admitir que mais estradas possam ficar inundadas.

"Considerando o aumento de precipitação na zona norte da bacia hidrográfica do Tejo, é de prever aumento de caudais dos seus afluentes da margem direita, sobretudo do rio Zêzere", informou a Protecção Civil em comunicado, admitindo que algumas estradas de Vila Nova da Barquinha e Santarém fiquem inundadas até ao final do dia de hoje.

Em Vila Nova da Barquinha a Protecção Civil prevê a submersão do Cais de Tancos e a possibilidade de início de inundação da Avenida dos Plátanos, na zona baixa.

Já em Santarém, poderão ficar submersas a Estrada Nacional (EN) 365 (na Ponte do Alviela), a Estrada Municipal Ribeira de Santarém (Vale Figueira), a EN 365 na Ponte do Alviela (a jusante do Pombalinho e isolando a povoação do Reguengo do Alviela) e a EN 365 em Palhais.

Quanto à bacia do Sorraia, a Protecção Civil não prevê agravamento da situação, "verificando-se uma ligeira descida nos caudais debitados pelas barragens de Montargil e Maranhão", refere o comunicado.

A subida dos caudais dos rios levou à activação, às 18:30 de quarta-feira, do Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, mantendo o nível de alerta "amarelo", o segundo da escala de perigo.

O parque de estacionamento de Constância, junto ao rio Zêzere, é uma das zonas que se encontra submersa, tal como três estradas de Coruche (Ponte do Rebolo, Ponte da Amieira e estrada de Meias), concelho onde se regista também a inundação de campos agrícolas na margem esquerda do Rio Sorraia.

Em Benavente, está submersa a Estrada Municipal (EM) 1456 (Estrada do Campo), na Golegã, a EM 30 (que liga Azinhaga à Ponte do Cação) e a EM 1 (entre a Ponte da Broa e a Ponte dos Lázaros).

Em Alpiarça, a água chegou à Estrada do Mouchão.

Segundo as previsões meteorológicas disponibilizadas pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para os próximos dias, prevê-se, até ao final da manhã de sexta-feira, "precipitação persistente nas regiões do norte e do centro, mais expressiva nas regiões do litoral Norte e Centro, com valores acumulados que poderão superar 40 mm/6h, podendo no litoral Norte acumular 80 mm/24h", alertou a Protecção Civil.

No próximo domingo, dia 31, "a partir da tarde prevê-se um novo período de precipitação, embora com valores acumulados inferiores a 30 mm/6h", conclui o comunicado, que aconselha as populações a retirarem bens das zonas inundáveis e a não atravessarem estradas inundadas.

 

Fonte: http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=71957

Adicionado em 29-03-2013 11:35


Voltar a Notícias
Meteorologia
Risco de Incêndio
Portugal Continental
Hoje
Imagem não disponível
Amanhã
Imagem não disponível
Dados do
Instituto Português do Mar e da Atmosfera
Precipitação
13:40:14
Imagem não disponível
Dados de Radar do
Instituto Português do Mar e da Atmosfera
Sismicidade
Imagem não disponível
Dados do Sismómetro da Mitra
Centro de Geofísica de Évora
Universidade de Évora





- Mapa do Site - Estatísticas do site - Acerca -
- © Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Évora, 2012 -
- página modificada em: 2014-04-11 23:16 -